Buscar
  • Forlac

Senar: iniciativa tem foco em viabilidade econômica na produção de leite


Para garantir a viabilidade econômica na produção de leite, 30 propriedades leiteiras rurais de Uberlândia contam com uma ação do Município na parte técnica da produção. A iniciativa tem parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

O apoio se dá através de uma assistência técnica e gerencial da equipe do Senar. Os produtores têm direito a uma visita técnica mensal de quatro horas, no qual são feitos diagnósticos do local e abordadas diversas questões, como o fluxo financeiro.

“O nosso objetivo é possibilitar uma independência cada vez maior a essas pessoas, que vivem desse recurso e podem se aprimorar por meio do conhecimento e das práticas compartilhadas pela equipe de veterinários, técnicos e engenheiros agrônomos nas visitas de campo”, explicou a Secretária Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação, Thalita Costa Jorge.

Nos diagnósticos há ênfase na elaboração de um planejamento de gestão e da rotina com os animais, em questões como o bem-estar dos animais, controle de parasitas, alimentação de qualidade e estratégias para produzir e armazenar forragem no período da seca.

“O trabalho consiste em buscar alternativas para auxiliá-los nas dificuldades e mostrar quais melhorias são possíveis para que a produção seja viável como negócio, o que garante o sustento dessas famílias”, comentou o diretor de agropecuária da secretaria, Romes Fernandes.

"O que fazemos são ajustes na forma de lidar com os animais, levando outras práticas que possam melhorar ainda mais o trabalho na propriedade. E tem o acompanhamento do fluxo de caixa mensal, para que o produtor enxergue melhor o seu dinheiro dentro da atividade”, disse o técnico de campo do Senar, Bruno Bonafini.

Atendimento

Segundo a Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação os projetos são desenvolvidos conforme demanda levantada junto aos produtores. O acordo de cooperação firmado com o Senar prevê um número máximo de 30 propriedades atendidas. Contudo, havendo novos pedidos, é possível estudar a viabilidade de abertura de uma nova turma.

Todo produtor rural pode levar as demandas e sugestões para a equipe que está no Anexo da secretaria, localizado no bairro Planalto, na Rua das Gameleiras, 10.

As informações são do G1.

3 visualizações0 comentário