Buscar
  • Fischer Comunicação

Queijaria Mineira abre 4 vagas para degustador de queijo


Ter que ficar em casa tem sido desafiador para uma grande parte da população. Uma pequena empresa do sul de Minas resolveu alegrar a quarentena das pessoas abrindo quatro vagas para o emprego dos sonhos: Degustador de Queijo.


São vagas home office e entre os requisitos não é exigido ter experiência e não precisa enviar currículo. Basta seguir as regras elencadas neste link.

O recrutamento será feito via sorteio e as quatro pessoas escolhidas receberá em casa, para degustar no horário que bem entender, um kit delicioso contendo os seguintes queijos premiados: 01 Cunha do Queijo Alagoinha; 01 Cunha do Queijo do Sô Batistinha; 01 Cunha do Queijo do Tio Zé (maturado); 01 Cunha Queijo Alagoa Pequena Premiado na França; 01 Cunha do Queijo Alagoa Fumacê; 01 Cunha do Queijo do Coronel e 01 Cunha do Queijo Faixa Dourada, Ouro e Super Ouro no III Prêmio Queijo Brasil – eleito o Melhor Queijo Artesanal de Leite Cru do Brasil.

Os interessados têm até a próxima sexta-feira, 29/04, para participar desta iniciativa da Queijo d’Alagoa-MG, que é pioneira na venda de queijo pela internet e entrega em qualquer lugar do Brasil.

A pandemia do coronavírus trouxe sérias complicações comprometendo o escoamento da produção, que apesar de ser em pequena escala, são provenientes de famílias de pequenos produtores que vivem somente do queijo. Os clientes revendedores cancelaram todos os pedidos. A loja física está fechada há mais de 30 dias e a visita de turistas suspensa temporariamente.

“Olha o tamanho da nossa responsabilidade, temos que dar um jeito de escoar esta produção e nossa expertise é entregar o queijo na casa do cliente, fazemos isso com maestria desde 2009. Temos fé em Deus que isso vai passar e vamos vencer” diz Osvaldo Filho, fundador da Queijo d’Alagoa-MG cujo contrato de postagem mantém aberta a única agência dos Correios na cidade. Através dos Correios o queijo é entregue em qualquer lugar do país.

Celebridades apoiam o S.O.S.

Na cidade de São Paulo o comunicador Marcelo Tas postou em seu instagram: “Sou cliente e amigo do Osvaldim há um tempão. Queijos fantásticos da Serra da Mantiqueira. Vamos prestigiar os produtores e comprá uns queijim do Osvaldo. São deliciosos e ele manda entregar em todo Brasil. Força aí, Osvaldim!”

Em Belo Horizonte-MG o estilista mineiro Ronaldo Fraga também postou no instagram: “Respondendo de onde era o queijo (maravilhoso) na mesa do café da manhã com o estilista, aqui está. Ah, e com entrega em todo Brasil! #compredopequeno” e em seguida repostou o S.O.S. da Queijo d’Alagoa-MG, pioneira na venda de queijo pela internet, que nasceu em 2009 para ajudar o Sô Batistinha, produtor de queijo do bairro Rio Acima que estava em apuros e com dificuldade para escoar sua produção.

No Rio de Janeiro-RJ a Chef Roberta Sudbrack publicou no seu stories: “O queijo é uma joia rara, uma poesia”.

As vacas não se contaminam com o coronavírus e continuam dando leite. E as famílias parceiras da Queijo d’Alagoa-MG continuam produzindo queijo, pois vivem desta atividade. As aquisições poderão ser realizadas através da loja virtual www.queijodalagoa.com.br/queijos-artesanais ou do Zap do SAC 35 99885-6638. As entregas são feitas em qualquer lugar do Brasil.

As informações são da Assessoria de Imprensa Queijo de Alagoa.

12 visualizações

Vendas e informações

11 2730 0522

  • LinkedIn - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • Facebook - círculo cinza

Quero expor

MAPA DO SITE