Buscar
  • Forlac

Quais as oportunidades para os ingredientes lácteos?


A nutrição para mulheres grávidas e lactantes é um mercado conhecido, embora pouco explorado e em expansão. O número de lançamentos de produtos está aumentando consistentemente a cada ano. Essa tendência pode ser encontrada em todo o mundo e a Ásia é a região onde a demanda é mais alta.


Além dos mercados de nutrição tradicional já em expansão, a nutrição materna parece ser um mercado repleto de oportunidades, no qual os ingredientes lácteos definitivamente têm um lugar.

Um aumento na demanda

O mercado de nutrição materna está em alta e o número de lançamentos aumentou mais de 40% desde 2013. Embora a demanda seja alta em todas as regiões do globo, a Ásia é o país com demanda maior, sendo responsável por 40% dos lançamentos de produtos.


Vários fatores contribuem para essa tendência. Em primeiro lugar, a noção de “1.000 dias” — desde a concepção até o segundo aniversário de uma criança — é cada vez mais reconhecida. Este é um período crucial no desenvolvimento do bebê, onde uma boa alimentação é especialmente importante. Os pais querem o melhor para o seu bebê e isso significa começar cedo, com uma nutrição ideal para a gestante.


Além disso, rendimentos mais elevados nas economias emergentes da Ásia (China e Sudeste Asiático em particular) e a redução no número de filhos por família são fatores que motivam as famílias a gastar mais com o cuidado e alimentação dos filhos que têm, bem como as mães deles.

Um mercado onde se espera inovação

Paralelamente ao crescimento da demanda, as expectativas se diversificam e a oferta se amplia. Há maior potencial de inovação agora do que em qualquer outro momento, e para o fornecimento de novas soluções nutricionais que são mais claramente adequadas para as mães durante e após a gravidez.


Dada a gama limitada de produtos de saúde materna atualmente no mercado, esses consumidores estão em busca de mais inovação. Anteriormente, as mulheres grávidas e amamentando tinham apenas uma gama limitada de produtos lácteos ou leite em pó à sua disposição. Agora, infusões especiais, barras de cereais e bebidas foram desenvolvidas especificamente para esse alvo.


Os formatos em movimento são cada vez mais oferecidos e uma atenção especial é dada aos produtos naturais. Isso significa bebidas à base de plantas ou sucos enriquecidos com ingredientes funcionais, por exemplo. O sabor também é um foco importante, resultando em produtos como biscoitos enriquecidos com proteínas e minerais ou bebidas de chocolate enriquecidas com proteínas.


Por fim, em conjunto com essa tendência crescente, as mães buscam formas de melhorar sua saúde física e mental. A saúde mental é, sem dúvida, um fator significativo na saúde geral das mães durante um período de grandes mudanças. Pode-se pensar em produtos que estimulem a lactação ou que ajudem as mães a lidar com a fase pós-natal.


Há maior potencial de inovação agora do que em qualquer outro momento, e para o fornecimento de novas soluções nutricionais que são mais claramente adequadas para as mães durante e após a gravidez.

Nutrição materna

Atualmente, as previsões de crescimento para o mercado de fórmulas infantis preveem uma pequena desaceleração (cerca de 1% de crescimento anual até 2024). Expandir a base de clientes visando os pais de maneira diferente pareceria, portanto, uma jogada inteligente.


Além disso, o aleitamento materno é cada vez mais incentivado, e com razão. Além do impacto na demanda por produtos de nutrição infantil, a nutrição das mães provavelmente assumirá um significado totalmente novo, tanto durante a gravidez quanto durante a amamentação.


Os fabricantes de nutrição infantil, sujeitos a diretrizes que restringem cada vez mais a promoção de produtos e marcas, perceberão que esse mercado voltado para as mães está, pelo menos por enquanto, menos regulamentado e que a comunicação voltada para a melhoria da nutrição ainda é possível. Estender a mão para mulheres grávidas e amamentando também é uma grande oportunidade para aumentar o reconhecimento e a fidelidade à marca.


Um exemplo de produto que atende a esse mercado é o Prolacta, da Lactalis Ingredients, uma proteína natural obtida diretamente do leite por meio de um processo suave que protege as qualidades nutricionais. Rico em aminoácidos essenciais, o Prolacta é de fato mais rico em triptofano do que uma proteína sérica clássica.


O triptofano é o precursor da serotonina e da melatonina, neurotransmissores com efeito sedativo no cérebro. Portanto, produzem uma sensação de bem-estar. Contendo até 40% mais triptofano do que uma proteína sérica clássica, o Prolacta é uma fonte de proteína que pode ser incorporada em fórmulas nutricionais.


As informações são da Lactalis Ingredients, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

4 visualizações0 comentário