Buscar
  • Forlac

Especial Queijos do Brasil: Fazenda Atalaia


Para finalizar nosso Especial Queijos do Brasil, hoje vamos contar um pouquinho da história e dos queijos da Fazenda Atalaia, localizada em Amparo, São Paulo. Conversamos com Meire, ela nos contou que a ideia de produzir queijos artesanais na fazenda se no ano de 1995 com Rosana Rezende, esposa de Paulo Rezende um dos herdeiros da Fazenda. “Rosana buscava uma alternativa econômica, porque o café estava difícil e como não era possível mecanizar o cultivo, o queijo se mostrou como uma atividade promissora”.


Atualmente, são produzidos 350 quilos de queijo por dia a partir de leite pasteurizado, sendo que a fazenda produz todo o leite utilizado na fabricação dos queijos. Meire nos contou que são produzidos 2500 litros de leite por dia, proveniente de aproximadamente 250 animais (vacas e cabras) com genética própria. Em relação à certificação, os queijos possuem o Selo de Inspeção Municipal.


Para o futuro, Meire nos disse que o objetivo é criar novos queijos, proporcionando experiências que divulguem a cultura alimentar local e valorizar os produtos majoritariamente brasileiros.


Relembrando os velhos tempos, Meire nos disse que o primeiro queijo produzido pela fazenda foi o frescal. “Elaborado a partir de leite de vaca tipo A e da ordenha feita no dia, o queijo Frescal possui baixo teor de sal, para preservar o paladar do leite e o frescor da sua massa. Sua textura é macia e desmancha fácil na boca”, pontuou.


Mas, e hoje em dia?


Queijos Fazenda: conheça os principais!


· Queijo Tulha


Maturado por 12 meses, de massa quebradiça com cristais, paladar com notas frutadas. Medalha de Ouro por dois anos consecutivos no Prêmio Queijos Brasil (2016 e 2017). Medalha de Ouro no World Cheese Awards em San Sebastian, na Espanha, sendo ela a primeira medalha de Ouro internacional para um queijo artesanal brasileiro!


· Queijo Mantiqueira


Queijo tradicional do interior Paulista, de baixa acidez e com cremosidade média. Produzido com leite de vacas Holandesas e maturado por aproximadamente 90 dias. Muito versátil, pode acompanhar café, doces, cervejas e vinhos.


· Queijo Mogiana


Maturado por aproximadamente 90 dias, possui cor alaranjada devido ao corante natural de urucum. Muito aromático, de leve cremosidade e acidez acentuada. Possui um bom derretimento e é muito utilizado em racletes e lanches artesanais.


· Especial Queijos do Brasil: Fazenda Santa Luzia, uma coleção de queijos premiados!


· Especial Queijos do Brasil: o centenário modo de fabricação dos Queijos Artesanais D'Alagoa


Fonte: Milk Point

16 visualizações0 comentário