top of page
  • Rofer Eventos

Empresa familiar de siderópolis conquista o SISBI


A família de Mattia trabalha com produtos lácteos há 20 anos no sul de Santa Catarina e a partir de agora poderá vender sua produção para todo Brasil. A empresa, que já possuía o registro no Serviço de Inspeção Estadual, aderiu ao SISBI – Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal.

Ricardo de Mattia, que administra o laticínio Riclat, recebeu o certificado das mãos do presidente da Cidasc, Junior Kunz. A entrega foi realizada na sede da empresa, em Siderópolis. O empresário lembrou todo o caminho percorrido até a empresa chegar ao patamar atual, com melhorias como a implementação do Plano de Qualificação de Fornecedores de Leite (PQFL).

“A Cidasc atua para que o produtor catarinense possa crescer e desbravar o mercado nacional, oferecendo um produto que se diferencia pela qualidade desde a matéria prima. De um lado, desenvolvemos ações de sanidade animal, como a certificação de propriedades como livres de brucelose e tuberculose, e de outro fiscalizamos a inspeção sanitária, para garantir a qualidade e a inocuidade dos produtos de origem animal que chegam ao consumidor”, ressalta o presidente da Cidasc, Junior Kunz.

O momento da entrega do certificado do SISBI à Riclat foi acompanhado também pela diretora de Inovação e Planejamento, Manuela Studt da Rocha, pelo gestor do Departamento Regional de Criciúma, Daniel Moritz, e pela médica veterinária Carla Zoche, que atua na regional.

Todos ficaram satisfeitos em conhecer um pouco mais da história da empresa, criada pelos pais de Ricardo de Mattia para comercializar leite envasado. Eles buscaram formalizar a atividade e investiram na empresa, ao perceber que o negócio familiar poderia ter continuidade.

A Riclat produz queijos, iogurte e requeijão, preparados com leite fornecido por produtores da região. A maior produção desta agroindústria é de queijos, com 25 mil quilos por mês.

Fonte: EdairyNews

Comments


bottom of page