Buscar
  • Forlac

Embrapa lança Programa de Eficiência na Gestão


Em comemoração aos 45 anos da Embrapa Gado de Leite e ao Dia Mundial do Leite, a Embrapa Gado de Leite e a PUC-Minas lançam, hoje (01/06), o programa TopLat – Eficiência na Gestão de Laticínios, com o apoio da Vivare Alimentos e do Sindicato da Indústria de Laticínios do Estado de Minas Gerais (Silemg). O lançamento será feito às 14h pelos Canais da Embrapa e da PUC Minas no Youtube.

Conforme o chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, Paulo Martins, as empresas brasileiras têm muito a ganhar com o desenvolvimento da eficiência em gestão. No caso dos laticínios, eles possuem a excelência no trabalho técnico, mas o lado gerencial requer um apoio.

“Nosso propósito é atuar sob a ótica de políticas públicas. Sabemos que existe uma oportunidade de melhoria gerencial nos laticínios, tanto no que diz respeito ao posicionamento no mercado quanto à organização interna. Por isso, estamos lançando esse projeto experimental”, ressaltou Paulo.

O programa vai contar com a participação de 120 alunos do curso a distância de Administração da PUC Minas e, neste primeiro momento, 10 laticínios poderão participar. O trabalho será feito durante um semestre em dois eixos: empreendedorismo, negócios e Arquitetura de negócios.

Em relação ao primeiro, o intuito é construir e analisar a matriz SWOT da empresa, buscando responder às perguntas: quais são as fortalezas e fraquezas? Quais são os desafios e oportunidades de mercado que estão no seu entorno? Já sob o pilar da Arquitetura de Negócios, se buscará interpretar o processo organizacional.

Os alunos, com a mentoria dos professores, analisarão o negócio e entregarão, ao final, o estudo analítico aos laticínios com as sugestões de melhorias para eficiência em gestão. A primeira turma irá trabalhar de agosto a dezembro no projeto e, a cada semestre, novos laticínios terão a oportunidade de aperfeiçoar sua gestão através do Programa TopLat.

“Em nosso projeto pedagógico prevemos, desde o início do curso, a inserção do aluno no mercado. O agronegócio é o setor que move a economia brasileira e os cursos de administração, de forma geral, não se aprofundam nessa área. Por isso, propusemos essa parceria com o objetivo de formar nossos alunos no agro e junto com a Embrapa, entregar soluções em gestão para os laticínios”, explicou, Sara Resende, coordenadora do curso a distância de Administração da PUC Minas.

Laboratório de qualidade do leite foca em análise e capacitação

O Laboratório de Qualidade do Leite da Embrapa foi fundado em 1997, sendo um dos 11 laboratórios da Rede Brasileira de Laboratórios de Controle de Qualidade de Leite criada pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Possui acreditação pelo Inmetro na norma ABNT NBR ISO/IEC 17025. Tudo isso garante a qualidade do trabalho desenvolvido.

Ele atua na prestação de serviços diretamente aos laticínios, produtores e associações, analisando a qualidade do leite por meio análises biológicas e químicas, entre elas: análises de composição do leite (proteína, gordura, lactose etc.), microbiológicas (CTB – Contagem Total de Bactérias e CCS – Contagem de Células Somáticas), e de nitrogênio ureico e caseína.

Além dessas análises, oferece treinamentos e consultorias, por exemplo, o Curso de Procedimentos de Coleta e Transporte de Amostra de Leite Cru, e agora, em parceria com a PUC Minas o Programa TopLat.

“Sentimos a necessidade de oferecer soluções em gestão voltadas e customizadas os laticínios. Para que os nossos clientes buscassem uma maior eficiência em seus processos de gestão. Há uma carência muito grande nesta área e com certeza o Programa TopLat será um sucesso”, pontuou Marta Martins, pesquisadora e coordenadora responsável pelo Laboratório de Qualidade do Leite.

As informações são da Embrapa Gado de Leite, adaptadas pela Equipe MilkPoint.

2 visualizações0 comentário