top of page
  • Rofer Eventos

Cruzília fará 1ª exportação de queijo aos EUA


A marca mineira Cruzília, que pertence à UltraCheese, plataforma de queijos controlada pela gestora Aqua Capital, está prestes a desembarcar nos Estados Unidos.

Após obter habilitação para exportar concedida pelo Food and Drug Administration (FDA), órgão americano de alimentos e medicamentos ligado ao Departamento de Saúde do governo, a companhia fará o primeiro embarque, já neste mês, de queijos parmesão, estepe, meia cura, minas padrão e queijo coalho, entre outros. As variedades do produto foram escolhidas após uma avaliação de potencial de consumo.

Os mercados-alvo são, por ora, Texas, Califórnia, Oregon, Nevada, Arizona, Colorado, Washington e Utah, e os produtos chegarão aos EUA por meio de uma parceria com a importadora Triunfo. Segundo Edson Martins, CEO da UltraCheese, a exportação é um dos pilares que deverá agregar valor aos negócios no longo prazo. A plataforma, que além da Cruzília detém as marcas Lac Lélo, Búfalo Dourado e Itacolomy, faturou R$ 700 milhões no ano passado.

Em 2022, a UltraCheese exportou cerca de 80 toneladas de queijos, volume que classifica como “ainda tímido”, porém “um grande marco” em sua história. O de novembro aos EUA será o primeiro embarque dos queijos da marca Cruzília, e a expectativa é, em breve, exportar manteiga. Ainda segundo o executivo, a ideia é manter a constância nas exportações, e alcançar pelo menos 10% do volume total da produção destinado ao mercado externo. A companhia não informa prazo.

As informações são do Valor Econômico, adaptadas pela equipe MilkPoint.

bottom of page