Buscar
  • Fischer Comunicação

Autocontrole digital pode ser utilizado pela indústria láctea


Nova regulamentação permite substituição de planilhas em papel por aplicativo


As obrigações do PAC (Programa de Autocontrole) das indústrias lácteas estão mais ágeis a partir da atualização do Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária dos Produtos de Origem Animal (RIISPOA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), alterado pelo Decreto 10.468 de agosto de 2020.


Com isso, as indústrias lácteas podem substituir os controles e planilhas em papéis utilizados atualmente por um sistema digital, desde que este garanta disponibilidade, segurança e integridade das informações. A nova regulamentação traz várias possibilidades de ganhos na rotina do laticínio.


“As alterações para o digital tem impacto direto na segurança alimentar porque é o que faz o supervisor nas práticas produtivas dentro de um laticínio, inclusive se o armazenamento de determinados insumos está correto, se é feito o controle de pragas, enfim, todo o ecossistema de qualidade de proteção do alimento é supervisionado por esse programa de autocontrole”, enfatiza o CEO da Lacteus Tecnologia, Leonardo Inácio. A empresa, que é dedicada à indústria e cooperativas lácteas, lançou seu aplicativo para Autocontrole, tornando todo o processo digital.


A solução é uma plataforma nas nuvens integrada com os aplicativos (Android/iOS) que são usados pelos vistoriadores. Os questionários são personalizados conforme o Programa de Autocontrole de cada laticínio.

Entre as vantagens do aplicativo está a não utilização de papel: ao invés de usar pranchetas, papéis e canetas, as vistorias são registradas diretamente nos aplicativos, descartando a necessidade de organizar e armazenar pilhas de papéis nos armários.


Quando for necessário ver qualquer inspeção, todas estarão disponíveis de forma simples de consultar.


A máquina fotográfica ganha aposentadoria: agora as eventuais fotos são registradas diretamente pelo celular na vistoria em questão. As orientações para a inspeção também estão no aplicativo: caso o vistoriador tenha alguma dúvida sobre o procedimento, as instruções para a execução de forma correta já estão disponíveis em cada questionário.


Esta tecnologia aumenta a qualidade dos dados: antes era necessário anotar e depois registrar em uma planilha para futuras análises, com o aplicativo esta chance de erro na transcrição não existe mais. A distribuição da informação também é descomplicada: quando uma inspeção é registrada, é imediatamente enviada ao Portal do Laticínio e fica acessível para todos os responsáveis. Se no momento não houver conexão à internet, o aplicativo envia assim que a internet estiver disponível.


Análise da informação


Antes era necessário transformar pilhas de papéis em informações, o que consumia tempo e energia dos colaboradores. A plataforma já apresenta relatórios analíticos e índices em tempo real, o que facilita a análise de dados. Há ainda a possibilidade de realizar Planos de Ação: consultar medidas previamente configuradas e registrar a ação necessária.


Entre outras facilidades estão os alertas: as não-conformidades ganham destaques e geram alertas aos envolvidos. A eficiência também é uma das vantagens, com informações mais rápidas, as respostas e ações também ficam ágeis garantindo assim a evolução constante da indústria láctea.


Em conformidade com as normas do Serviço de Inspeção Federal (SIF), a solução Autocontrole faz parte da Plataforma Lacteus ERP, que conta também com toda a gestão de coleta do leite, laboratório, produção, faturamento, distribuição, financeiro e obrigações contábeis.




38 visualizações0 comentário

Vendas e informações

11 2730 0522

  • LinkedIn - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • Facebook - círculo cinza

Quero expor

MAPA DO SITE