Buscar
  • Fischer Comunicação

Abraleite solicita tarifa diferenciada para envio de queijos pelos Correios


A ABRALEITE solicitou aos Correios, por meio do ofício 0007/2020 da ABRALEITE protocolado em 07/05/2020, tarifas especiais para Sedex e Sedex 10 para o transporte de queijos e outros derivados lácteos artesanais para produtores que possuem selos de inspeção Estadual, Selo Arte ou SISBI. A iniciativa teve apoio do Deputado Federal Evair de Melo, que também é autor da Lei do Selo Arte.


Confira o ofício:


"Assunto: Tarifa diferenciada de Sedex e Sedex 10 para pequenos produtores de queijos e outros derivados lácteos artesanais".


Prezado presidente,


Cumprimentando cordial e respeitosamente Vossa Excelência, vimos por meio deste solicitar aos Correios e Telégrafos que ofereça uma tarifa diferenciada de sedex e sedex 10 para os pequenos produtores de queijos e outros derivados lácteos artesanais. Aos detentores do Selo Arte e do SISBI, licenciados para o comércio em todo o Brasil, a tarifa deveria abranger o transporte de produtos em todo o território nacional.


Aos detentores de registro com inspeção estadual, a tarifa diferenciada cobriria o transporte dentro de seus respectivos estados. Tal pleito se justifica pelo fato do preço dos serviços sedex ser igual ou às vezes até superior ao preço do produto, o que tem inviabilizado sua comercialização.


Os queijos artesanais são expressão viva da cultura regional brasileira, geram emprego e renda no campo e evitam o êxodo rural. Como produtos, vêm ganhando cada vez mais o reconhecimento por sua alta qualidade, tanto do público consumidor quanto de órgãos avaliadores nacionais e internacionais. Temos certeza que um alinhamento dos Correios com a causa do Queijo Artesanal Brasileiro será altamente benéfica para ambos e poderá funcionar como um processo de agregação de valor aos já excelentes serviços prestados pelos Correios.


Atenciosamente,


Geraldo Borges, Presidente da ABRALEITE.


As informações são da ABRALEITE.

2 visualizações