top of page
  • Rofer Eventos

A Unilever poderia lançar sorvetes à base de leite criados em laboratório em 2023


A empresa está trabalhando em um processo chamado fermentação de precisão que utiliza substâncias como leveduras e fungos para produzir proteínas do leite em um recipiente. De acordo com Andy Sztehlo, diretor de pesquisa e desenvolvimento de sorvetes da Unilever, o produto poderia estar disponível em cerca de um ano.

Se bem-sucedida, a Unilever poderia ser a primeira grande empresa de alimentos a criar sorvetes a partir de produtos lácteos sem vacas, chamados de leite de laboratório, em um setor florescente dominado por pequenas empresas iniciantes. Para um gigante consumidor como a Unilever, desenvolver uma versão de fermentação de precisão de uma de suas principais marcas aumenta a expectativa de que a tecnologia possa ser ampliada e lucrativa

“Provavelmente estará em uma de nossas grandes marcas globais, possivelmente uma de nossas marcas norte-americanas”, disse Sztehlo aos repórteres durante uma visita às instalações de pesquisa da Unilever em Colworth, perto de Bedford, Grã-Bretanha. A empresa está trabalhando com vários startups em tais produtos e Sztehlo disse ter testado alguns protótipos na semana passada.

O plano é parte da estratégia do grupo de sorvetes para reduzir as emissões de gases de efeito estufa na produção de produtos como os sorvetes Ben & Jerry’s e Magnum. As vacas emitem metano (um gás que retém 80 vezes mais calor do que o dióxido de carbono) quando arrotam. O combate a essas emissões é uma das questões climáticas mais difíceis para as empresas alimentícias, à medida que cresce a pressão para limpar suas cadeias de abastecimento.

É difícil simular a estrutura proteica do leite no laboratório porque o leite contém muitos tipos diferentes de proteína. O substituto deve ser misturado com sabores e emulsificantes e congelado como leite comum e creme de leite. No ano passado, a Starbucks Corp. (SBUX) começou a vender leite e sorvetes alternativos feitos pela Perfect Day Inc.

Fonte: EdairyNews

コメント


bottom of page